Mais uma cantora? Não, uma Cantora. O diferencial não está apenas no nome artístico, Manaia, entidade da tradição maori, mas no estilo distinto e particular desta carioca de 27 anos que nasceu Bruna Antico Neves, dedicada à música desde os seis anos de idade, com cursos de Arte&Design e técnicas vocais nos Estados Unidos. Multiinstrumentista, compositora e intérprete bilíngue, ela se apresenta ao mercado e ao público com um EP em lançamento digital pela MZA do produtor Marco Mazzola. Duas composições próprias, Birdy Bird e Voodoo, mais uma regravação de A Maçã e a Serpente, de Odair José, em português e inglês, esta com a participação especial de Andreas Kisser, o líder do Sepultura, nas guitarras.